«Reflexão do Dia com Irmã Lúcia Abreu»

* Quinta, 22 de julho de 2021 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

A revelação conservou em nós, para nosso consolo, essa relação peculiar que se estabelece entre o Senhor e aquele a quem missiona: Moisés, Isaías, Jeremias, José, João Baptista… Todos sentiram a indigência das suas possibilidades perante o pedido do Senhor. É a resistência inicial, a incapacidade de compreender a magnitude do chamamento, o medo da missão. Este sinal é de bom espírito, sobretudo se não ficar por ali e permitir que a força do Senhor se expresse sobre essa fraqueza e lhe dê consistência, fundamento.

(In Palavras de Esperança – Um pensamento do Papa Francisco para cada dia do ano – Papa Francisco – Divina Comédia editores)

Reflexão