«Quem come a minha carne e bebe o meu sangue, permanece em Mim e Eu nele.»

* Sexta, 10 de maio de 2019 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

João 6, 52-59

Quem come a minha carne e bebe o meu sangue, permanece em Mim e Eu nele.

Onde moro? Há umas décadas, o código postal foi uma grande ajuda para saber onde morávamos. Hoje, com telemóvel no bolso, com GPS ativado, toda a gente sabe onde estás em cada momento. Mas nem por isso tenho claras as minhas raízes nem onde quero estar.

Quando acolho o Pão que és Tu

A minha vida muda.

Tu moras em mim

E dás-me a possibilidade de morar em Ti.

Deixas de ser um estranho;

És hóspede que toca

O mais profundo de quem sou.

E o teu Pão

Torna-se para mim abrigo,

Hospital, lareira, abraço.

(In Rezar na Quaresma  – Pe. Rui Alberto – Edições Salesianas)

Reflexão