«Perdoar é crer na possibilidade de transformação, a começar pela minha.»

* Terça, 30 de outubro de 2018 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm 

 

Perdoar é crer na possibilidade de transformação, a começar pela minha. Muitas vezes aproveitamos a dor para nos instalarmos nela. Preferimos ficar a esgaravatar na ferida, a comer diariamente o pão velho da própria maldade, em vez de termos sede de beleza, desejo de outra coisa.

As ofensas recebidas revelam-nos um duro e irónico retrato de nós. Ora, para perdoar é preciso ter uma furiosa e paciente sede do que (ainda) não há. O perdão começa por ser uma luzinha. E é bom insistir e esperar. O Sol não brota de repente. Essa demora é uma condição da sua verdade.

(In O pequeno caminho das grandes perguntas  – Quetzal – obras de José Tolentino Mendonça)

Reflexão