«O ponto de sabedoria é aceitar que o tempo não estica»

* Quinta, 01 de novembro de 2018 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

O ponto de sabedoria é aceitar que o tempo não estica, que ele é incrivelmente breve e que por isso temos de vivê-lo com o equilíbrio possível.

Não nos podemos iludir com a lógica das compensações: por exemplo, pensando que procuraremos devolver de outra maneira o tempo roubado às pessoas que amamos organizando um programa ou comprando-lhes isto e aquilo; ou que vamos tentar compensar numas férias extravagantes o que retiramos ao repouso e à contemplação. A gestão do tempo é uma aprendizagem que precisamos de fazer.

(In O pequeno caminho das grandes perguntas  – Quetzal – obras de José Tolentino Mendonça)

Reflexão