«O amor que fracassa quando não se vê correspondido não é livre»

* Quarta, 09 de janeiro de 2019 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

O amor que fracassa quando não se vê correspondido não é livre, já que depende do amor de outrem; portanto, tem apenas interesse, confundindo-se com o egoísmo. Este amor exige reciprocidade.

A generosidade desinteressada atinge a sua plenitude no amor de cada um dos seus inimigos. Por isso, o perdão é um dom perfeito, e nele brilha a liberdade do amor. O amor que temos aos nossos inimigos é o ponto mais alto da nossa consciência moral formada pelo Cristianismo.

Varillon

(In 3 Minutos para Escutar-te – Paulinas – Paul Debesse)

Reflexão