«Não temos tempo a perder.»

* Segunda, 06 de agosto de 2018 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

Não temos tempo a perder. E, contudo, precisaríamos talvez de dizer a nós próprios, e aos outros, que esperar não é necessariamente uma perda de tempo. Muitas vezes é ao contrário. É reconhecer o tempo necessário para ser; é tomar o tempo para si, como lugar de maturação, como história reencontrada; é perceber o tempo não apenas como enquadramento, mas como formulação em si mesma significativa.

Quem não esperar pelas sementes que lançar jamais provará a alegria de vê-las acenderem-se sobre a terra, como milagre que nos resgata.

(In O pequeno caminho das grandes perguntas  – Quetzal – obras de José Tolentino Mendonça)

Reflexão