«”Não Me conheces, Filipe? Quem Me vê, vê o Pai.”»

* Sábado, 18 de maio de 2019 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

João 14, 7-14

Não Me conheces, Filipe? Quem Me vê, vê o Pai.

Às vezes, isto da fé é… confuso. Intelectuais com ar sofisticado acham-se muito engraçadinhos na televisão a fazer troça da fé dos simples. Os escândalos e abusos de poder dentro da Igreja parece que não acabam e fazem duvidar. O cancro de alguém que amo põe-me a perguntar onde é que Deus está. Não tem sentido meter a cabeça na areia para fugir a estes desafios. É preferível pôr o olhar em Jesus.

Olho para Ti, Jesus,

E acredito que Deus é como Tu O mostras.

Olho para os teus gestos de amor

E entusiasmo-me de novo

Para fazer minha a causa do Reino.

Olho para a vida oferecida na Cruz

E percebo até que ponto

Deus me ama incondicionalmente.

Olho para Ti, ressuscitado,

E cresce em mim o desejo de Céu.

(In Rezar na Quaresma  – Pe. Rui Alberto – Edições Salesianas)

Reflexão