«Há que «guardar-se dos ídolos»; só Deus pode ser adorado…»

* Quarta, 14 de agosto de 2019 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

As formas de governo convertem-se em tiranias e perdem o direito de exigir a obediência quando atentam contra os direitos naturais e essenciais da pessoa humana.

O homem, criado à semelhança de Deus, tem direito soberano à verdade, à justiça, ao amor, e é inútil iludi-lo com falácias, mentiras e ódio.

Há que «guardar-se dos ídolos»; só Deus pode ser adorado, não uma classe social, uma raça e os seus ditadores.

A verdade há-de vencer, finalmente, a violência, e o amor triunfará sobre o ódio.

Há na terra uma fé que crê em tudo isso, e uma Igreja para anunciá-lo.

De Lubac

(In 3 Minutos para Escutar-te – Paulinas – Paul Debesse)

Reflexão