«”É a morte do pecador que me agrada? Não será antes que se converta do seu mau proceder e viva?”»

* Sexta, 15 de março de 2019 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

Ezequiel 18, 21-28

É a morte do pecador que me agrada? Não será antes que se converta do seu mau proceder e viva?

Vezes demais imaginamos Deus como se fosse uma mistura entre um polícia e um juiz. Alguém que vigia e castiga os maus. Ainda nos custa tanto ver em Deus um pai entristecido quando os seus filhos desperdiçam a vida fazendo o mal, um pai esperançoso que estes filhos desatinados ainda hão-de retomar o caminho do bem.

Tu és um Deus vivo,

Amante da vida!

Tu sabes porque caminhos escuros

E tristes tenho andado…

E mesmo assim acendes uma luz

Para que eu volte a casa,

Para que eu regresse a Ti.

Tu sempre estendes uma mão

E me ofereces o consolo

Do teu abraço.

(In Rezar na Quaresma  – Pe. Rui Alberto – Edições Salesianas)

Reflexão