«As minhas ovelhas escutam a minha voz.»

* Domingo, 12 de maio de 2019 *

Reflexão do Dia trazida até nós pela Irmã Lúcia Abreu, cm

 

João 10, 27-30

As minhas ovelhas escutam a minha voz.

Vivemos num mundo com muitas vozes. Amigos e parentes, mesmo que distantes, estão à distância de um toque de telemóvel. Com as redes sociais sabemos tudo de todos, em tempo quase real. São muitas vozes; mais ruído de fundo que palavra, encontro e comunicação.

Para Ti, Jesus bom pastor,

Não sou um número, nem mais um na multidão.

Entre Tu e eu há diálogo.

Eu sei que conto aos teus olhos.

Eu sei que me amas, com as minhas fragilidades e sonhos.

Por isso, quando Tu falas, reconheço a tua voz.

As coisas que Tu me dizes, a forma como as dizes,

É inconfundível.

Só a tua voz, Jesus,

Me chama com tal intensidade

Que me decido a seguir-Te

Para onde me levares.

(In Rezar na Quaresma  – Pe. Rui Alberto – Edições Salesianas)

Reflexão